ENTRE EM CONTATO:

Tel: (54) 3419-2077

roquefrizzo@roquefrizzo.com.br

Rua Dr. Montaury, 2090 - Sala 1207, 

Exposição, Caxias do Sul - RS - Brasil

© 2019 Roque Frizzo Arquitetura e Design Ltda.

  • Grey Instagram Icon

MANUAL DO CLIENTE

Guia de Serviços

S1 - BRIEFING DE PRODUTO

Os serviços de design de produto iniciam com a elaboração de um briefing. Uma coletânea de ideias, oportunidades e diferenciais que a sua empresa possui. Essa estratégia inicial vai ajudar muito na criação dos conceitos  que sustentarão todo o projeto, desde a sua concepção até o consumidor final. Neste momento, precisamos conhecer sua empresa, para motivar a sua e a nossa capacidade de inovação.

S2 - CONCEITO DE PRODUTO

O conceito é a identidade da criação. Carrega o sobrenome das coisas e personaliza as suas principais características. Quando o conceito da criação não é percebido temos produtos a deriva, a espera que algo os conduza. Quando o conceito é parte da criação, temos produtos com personalidade, e isso os torna únicos.

S3 - MODELAGEM VIRTUAL

Com os novos recursos de modelagem tridimensional, simulamos formas, texturas, materiais e cores, chegando muito próximo do projeto materializado. Essas simulações nos permitem avaliar, experimentar e discutir a fabricação antes mesmos do envolvimento das equipes de engenharia de processo.

S4 - DETALHAMENTOS TÉCNICOS

São os documentos que detalham tecnicamente as dimensões, ângulos, proporções, materiais e conexões entre os componentes que farão parte do projeto. São os suportes gráficos para que as equipes de projeto de ferramentas e processos desenvolvam as suas funções. Não se trata de projeto de matrizes ou programação de equipamentos, pois isso são atribuições da engenharia. Ela sim possui todo conhecimento necessário do comportamento dos materiais e dos equipamentos para a concretização dos componentes.

S5 - ACOMPANHAMENTO DE PROTÓTIPOS

Através de protótipos é que as avaliações se tornam reais. Percebemos as dificuldades, nos convencemos da ergonomia e melhoramos os processos de construção. Os protótipos variam de acordo com a complexidade dos produtos, das exigências ergonômicas, do grau de investimento em matrizes e ferramentas. A prototipagem deve ser um laboratórios de testes, seja o processo rudimentar ou altamente sofisticado, para cada etapa de certificação há o protótipo adequado.